terça-feira, 19 de setembro de 2017

Os primeiros atos publicados no Diário Oficial da União pela nova procuradora-geral da República (PGR), Raquel Dodge, confirmam os nomes já anunciados anteriormente para sua equipe... 

Também foram anunciados os nomes dos procuradores que substituirão os que integravam a equipe do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot no caso da Operação Lava Jato...

Dodge já havia informado que o grupo seria coordenado pelo procurador José Alfredo de Paula Silva, e que entre seus membros estariam os procuradores Hebert dos Reis Mesquita, Luana Vargas Macedo e José Ricardo Teixeira Alves... 

Nas portarias publicadas hoje, (19), foram incluídos os nomes dos procuradores José Alfredo de Paula Silva; Marcelo Ribeiro de Oliveira; Maria Clara Barros Noleto; Pedro Jorge do Nascimento Costa; e Raquel Branquinho Pimenta Mamede Nascimento...

Há quatro novos integrantes reforçando a equipe da Lava Jato, além do coordenador... 

Entre os que já atuavam na investigação, dois permanecerão por tempo indeterminado (Maria Clara Barros Noleto e Pedro Jorge do Nascimento Costa) e cinco pelo prazo de 30 dias (Melina Castro Montoya Flores, Fernando Antonio de Alencar Alves de Oliveira Júnior, Rodrigo Telles de Souza, Sérgio Bruno Cabral Fernandes, e Wilton Queiroz de Lima)... 

De acordo com a PGR, os demais pediram para deixar o grupo “por motivos pessoais”...

O grupo que vai cuidar da Lava Jato ficará vinculado à Secretaria da Função Penal Originária junto ao Supremo Tribunal Federal, tendo como titular Raquel Branquinho, que atuará na condição de substituta eventual do coordenador José Alfredo de Paula Silva... 

Caberá aos integrantes do grupo participar das audiências relativas à Lava Jato, bem como requisitar informações e documentos de interesse das investigações...

O diretório do PT em Ribeirão Preto (SP) aprovou nesta segunda-feira, (18), a abertura de um processo que pode resultar na expulsão do ex-ministro Antônio Palocci da legenda...

Um dos acusados de formar uma organização criminosa com a cúpula do partido em Brasília (DF) pela Procuradoria-Geral de Justiça na Operação Lava Jato, ele será alvo de uma comissão de ética pelas declarações feitas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro...

Punido por falar a verdade...

No último dia 6, ele disse que Lula mantinha um “pacto de sangue” com o empresário Emílio Odebrecht, o que incluía um pacote de R$ 300 milhões em propinas para o PT, além de agrados ao ex-presidente...

O parecer final do conselho de ética deve sair em até dois meses, estima o presidente local do PT, Fernando Tremura... 

“Ele está tentando salvar a pele dele, mas em contrapartida ameaça o nosso projeto... Temos essas declarações como inverídicas”, diz...
(((POUSADA E CHURRASCARIA 30 DE SETEMBRO)))

---A MELHOR CARNE NA BRASA DE SERRA DO MEL---
WI-FI liberado, atendimento vip ...
Carnes diversas: Picanha, Cupim, Carneiro, Linguiça, Costela e etc ...
Temos Self-service, Bebidas Variadas, 

Refrigerantes ... 

Temos apartamentos aconchegantes...

Entrada do município de Serra do Mel

Contatos: WhatsApp (084) 98743 1323 (084) 9 8774-4188 ...

Promoção: Almoço com direito a dois tipos de 

carnes por apenas R$ 10,00 ...

Qualquer coisa a frente do país é melhor que esse corrupto governo Temer... O ministro da Defesa, Raul Jungmann, informou em nota que convocou o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, para pedir explicações sobre declarações do general Antonio Hamilton Mourão, que sugeriu uma intervenção militar no país caso o Judiciário não resolva os problemas atuais de corrupção... 

A declaração foi dada na última sexta-feira durante palestra numa loja maçônica em Brasília...

Jungmann disse que procurou Villas Bôas “para esclarecer os fatos relativos a pronunciamento de oficial general da Força” e ainda para estudar “medidas cabíveis a serem tomadas”... 

A nota não especifica se Mourão receberá alguma punição pelas declarações...

O general disse, durante o evento que acabou noticiado na imprensa, que os militares poderiam “impor isso”, numa referência a uma intervenção militar...

“Ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso”, disse o general Mourão...

No comunicado, Jungmann afirmou que “as Forças Armadas estão plenamente subordinadas aos princípios constitucionais e democráticos e ao respeito aos Poderes constituídos”... 

“E que há um clima de absoluta tranquilidade e observância aos princípios de disciplina e hierarquia constitutivos das Forças Armadas, que são um ativo democrático do nosso País”, completou...

O general falou sobre uma possível intervenção militar ao responder uma questão formulada pela organização do evento, que dizia que “a Constituição Federal de 88 admite uma intervenção constitucional com o emprego das Forças Armadas”...

- Excelente pergunta... É óbvio, né, que quando nós olhamos com temor e com tristeza os fatos que estão nos cercando, a gente diz: ‘Pô, por que que não vamo derrubar esse troço todo ? - ...  

Na minha visão, aí a minha visão que coincide com os meus companheiros do Alto Comando do Exército, nós estamos numa situação daquilo que poderíamos lembrar lá da tábua de logaritmos, ‘aproximações sucessivas’...”

O Palácio do Planalto se preocupa hoje mais com a possibilidade de o ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso desde o dia, (08), fechar um acordo de delação premiada do que com a nova denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República na semana passada contra o presidente Michel Temer...

A avaliação de auxiliares próximos a Temer é de que a segunda acusação formal oferecida pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que acusa o presidente de liderar uma organização criminosa e de obstruir a Justiça, terá um placar mais favorável que a primeira acusação quando chegar ao plenário da Câmara dos Deputados... 

Em agosto, quando a Procuradoria denunciou Temer por corrupção passiva, 263 deputados votaram por barrar o prosseguimento da acusação... Uma verdadeira compra de parlamentares a peso de ouro, canalhas sem escrúpulos...

Já em relação a Geddel, a avaliação no Planalto é de que a situação é “praticamente incontornável” depois que a Polícia Federal encontrou R$ 51 milhões em espécie em um apartamento em Salvador, onde foram identificadas as impressões digitais do ex-ministro...


O Planalto obteve no Supremo Tribunal Federal indicativos de que não será acolhido na sessão plenária desta quarta-feira, (20), o pedido da defesa de Michel Temer para que a nova denúncia contra o presidente seja suspensa... 

Diante disso, Temer intensificou desde o último final de semana os preparativos para enterrar na Câmara a peça em que o ex-procurador-geral Rodrigo Janot o acusa de formação de organização criminosa e obstrução à Justiça...

Não há no Planalto nenhuma dúvida de que a denúncia de Janot descerá à cova, para ser exumada pela Justiça apenas depois que Temer deixar a Presidência... 

Vive-se uma cena repetida — um flashback com direito a balcão fisiológico, chantagens dos deputados e um festival de cargos e verbas...

Na votação que sepultou a primeira denúncia, por corrupção passiva, Temer prevaleceu com 263 votos, muito mais do que os 172 que precisava... 

A oposição cravou 227 votos, bem menos do que os 342 exigidos para autorizar o Supremo a tocar uma investigação contra o presidente da República...

Temer tenta agora melhorar o seu desempenho... 

É improvável que consiga... Ficará novamente claro que o governo tem maioria para barrar investigações, mas não dispõe de 308 votos para aprovar reformas constitucionais como a da Previdência... 

Seja como for, Temer avalia que nem a eventual delação do amigo preso Geddel Vieira Lima, por demorada, teria o condão de transformar em derrota sua perspectiva de vitória...

A denúncia de Janot, protocolada no Supremo há cinco dias, já deveria ter seguido para a Câmara... Mas o relator da Lava Jato, ministro Edson Fachin, achou mais prudente dividir sua decisão com os outros dez ministros da Suprema Corte... 

Teve receio de ser descortês com os colegas, já que o recurso de Temer pede que a denúncia seja barrada... 

Os advogados alegam que convém esperar o resultado da investigação sobre o áudio que virou do avesso a colaboração premiada da JBS, estimulando dúvidas sobre a validade das provas fornecidas pelos delatores...

A perspectiva dos auxiliares de Temer é a de que a maioria dos ministros do Supremo considere que, nesta fase, não cabe ao Tribunal sustar a denúncia... 

Antes, a Câmara precisa decidir se vai ou não autorizar a Suprema Corte a julgar se a denúncia de Janot merece o arquivo ou a abertura de uma ação penal...

Pela segunda vez em menos de dois meses, o líder do governo do presidente Michel Temer no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE), foi condenado pela Justiça a ressarcir os cofres públicos em razão de desvios da prefeitura de Pirambu (SE), no período em que o grupo político do parlamentar comandou o Executivo local... 

Desta vez, em sentença assinada na noite desta segunda-feira, o juiz Rinaldo Salvino do Nascimento condenou Moura e mais quatro pessoas — entre elas a mulher e uma irmã —por usar o dinheiro da prefeitura para fazer “feiras de mercadinho” em benefício próprio...

O grupo terá de devolver pelo menos R$ 30,4 mil aos cofres da prefeitura, valor gasto em mercadinhos e numa peixaria de forma indevida, como consta na ação de improbidade administrativa... 

O restante do dano deve ser calculado na fase de execução da sentença... 

Eles também têm de pagar multa... 

O juiz titular da Comarca de Japaratuba suspendeu por oito anos os direitos políticos do cinco envolvidos... Eles podem recorrer da decisão no Tribunal de Justiça de Sergipe...

O dinheiro da prefeitura foi usado para comprar comida e bebida alcoólica, segundo as investigações que resultaram na decisão judicial... Moura foi prefeito de Pirambu entre 1997 e 2004... 

Depois, continuou ditando as regras na prefeitura, conforme a sentença... 

A “hegemonia política” durou até 2007...
segunda-feira, 18 de setembro de 2017

O Ministério Público Estadual pede indisponibilidade de bens da ex-gestora, ex-presidente e dois então integrantes da CPL por irregularidades em licitação e contratação de empresa para agenciamento de atrações do Mossoró Cidade Junina 2007...

O MPRN, por intermédio da 11ª Promotoria de Justiça de Mossoró, ajuizou ação civil pública de responsabilização por ato de improbidade em desfavor da ex-prefeita Maria de Fátima Rosado Nogueira, o ex-presidente e dois então integrantes da Comissão Permanente de Licitação, dois empresários e a empresa Gondim & Garcia Ltda por irregularidades em processo licitatório para contratação de serviços de agenciamento de atrações musicais para o evento Mossoró Cidade Junina 2007...

A ação de responsabilização por ato de improbidade administrativa teve pedido cautelar para que o Judiciário determine a indisponibilidade de bens de todos os demandados no montante de R$ 1.014.000, valor pago pelo município para os serviços contratados...

O MPRN sustenta que a ex-prefeita Maria de Fátima Rosado Nogueira, o ex-presidente da CPL, Marcos Antônio Fernandes de Queiroz, os ex-integrantes da Comissão, Maria Celineide Dantas e Marcelo de Paiva Cavalcanti, além da Gondim & Garcia Ltda e os responsáveis pela empresa, Tácio Sérgio Garcia de Oliveira e Maria de Fátima Oliveira Gondim Garcia, frustraram pregão instaurado para contratação de serviços de agenciamento de atrações musicais para o Mossoró Cidade Junina em 2007...

Para o MPRN, a investigação comprovou que, no primeiro semestre de 2007, os demandados direcionaram procedimento licitatório em favor da empresa Gondim & Garcia Ltda que fez o agenciamento de conjuntos musicais, grupos e cantores...

Segundo o MPRN, o edital elaborado pela CPL à época restringiu a competição ao exigir, na fase de habilitação, cartas de disponibilidade e exclusividade dos artistas; também não exigiu requisitos mínimos de qualificação econômico-financeira previstos na Lei de Licitações (Lei nº 8.666/93), mas tão somente certidão negativa de falência...

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal) doou nesta segunda, (18), R$ 30 mil que ganhou em uma ação de indenização movida contra a atriz e apresentadora Monica Iozzi, da TV Globo... 

O dinheiro será destinado à Casa da Mãe Preta, de Brasília...

O MOÍDO...

Ele moveu a ação depois que Iozzi postou uma mensagem no Instagram sobre o habeas corpus de Mendes que colocou o médico Roger Abdelmassih em liberdade... “Cúmplice?”, escreveu ela sob uma foto do magistrado... 

A Justiça considerou que ela extrapolou os limites da liberdade de expressão...
Uma operação do 5º Batalhão de Polícia Militar ocorreu nesta segunda-feira, (18), no bairro de Neópolis, na Zona Sul de Natal... 
 
No imóvel em que os veículos foram encontrados, os policiais também encontram materiais como ferramentas e placas... 
 
Ao que parece mais um 'desmanche' foi pro beleléu...

O Hemocentro do RN realiza coleta externa de doação de sangue nesta segunda, (18), e terça-feira, (19), no Natal Shopping... A ação em parceria com o Detran/RN e Polícia Rodoviária Federal faz parte da programação da Semana Nacional de Trânsito e tem como objetivo sensibilizar os motorista e a sociedade em geral sobre a importância da doação de sangue para a vida de outras pessoas...

Os interessados podem procurar a Unidade móvel de coleta de sangue do Hemonorte que durante estes dois dias estará no Natal Shopping... 

A doação de sangue é aberta a toda sociedade... Para ser doador é necessário ter entre 16 e 68 anos, jovens menores de idade só podem realizar doação com autorização dos pais ou responsável legal, estar bem de saúde e não ter consumido algum tipo de bebida alcoólica nas últimas 12 horas... 

A pessoa deve levar um documento com foto (carteira de identidade, trabalho ou habilitação)...

O procurador da República, Ângelo Goulart Villela, 36, afirma que Rodrigo Janot fez o acordo de delação com a JBS com o objetivo de derrubar o presidente Michel Temer e impedir a nomeação de Raquel Dodge para substituí-lo no comando da Procuradoria-Geral da República...

Ele contou que presenciou uma conversa em que Janot (a quem chama pelo primeiro nome, Rodrigo) afirmou: “A minha caneta pode não fazer meu sucessor, mas ainda tem tinta suficiente para que eu consiga vetar um nome”... 

“Ele tinha pressa e precisava derrubar o presidente”, diz... 

“O Rodrigo tinha certeza que derrubaria”, afirma...

Villela concedeu à Folha no sábado, (16), sua primeira entrevista após deixar a prisão, no dia 1º de agosto, onde ficou por 76 dias sob suspeita de vazar à JBS informações do Ministério Público... 

“A desonra dói muito mais que o cárcere”, disse...

Alvo da Operação Patmos, de 18 de maio, ele foi denunciado por corrupção passiva, violação de sigilo funcional e obstrução de Justiça...

Em sua delação, Joesley Batista, da JBS, disse que Villela teria recebido uma “ajuda de custo” de R$ 50 mil por mês para vazar informações... 

Depois, porém, afirmou não saber se o dinheiro chegava ao procurador...

O advogado Willer Tomaz seria o intermediário... A Polícia Federal monitorou em maio um encontro de ambos com Francisco Assis e Silva, advogado e delator da empresa...

Villela integrava a força-tarefa da Operação Greenfield, que investiga um suposto esquema de uso irregular de recursos de fundos de pensão...

Na entrevista, ele nega ter recebido propina e diz que se aproximou da JBS para negociar uma delação... Relata sua amizade com Janot e afirma que o ex-procurador-geral chamava Dodge de “bruxa” em conversas reservadas...

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), aquele cofrinho de R$ 51 milhões, teria dito a aliados meses atrás, antes de ser preso pela segunda vez, (08), que o presidente Michel Temer deveria se preocupar menos com sua imagem e mais “com a própria pele”... 

A afirmação reforça um temor do Planalto: um possível acordo de colaboração premiada entre Geddel e a força-tarefa da Operação Lava Jato, já que Geddel também teria dito que não aguentaria uma semana preso... O governo quer enterrar a segunda denúncia do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra Temer “antes que Geddel fale”... 

Por outro lado, analistas políticos avaliam que o cenário é mais favorável ao presidente do que na primeira denúncia... Um dos motivos foi o desgaste de Janot, além das contradições dos irmãos Joesley e Wesley Batista e a atuação supostamente ilegal do ex-procurador Marcelo Miller no processo...

O Ministério da Saúde estuda retirar a insulina do 'Aqui Tem Farmácia Popular', caso o preço pago pelo produto não seja reduzido... A medida faz parte de uma estratégia da pasta para restringir o orçamento do programa, criado durante o governo petista e que beneficia mensalmente uma média de 9,8 milhões de pessoas...

Pela proposta, a distribuição do produto passará a ser feita somente nos postos de atenção básica caso não haja uma redução nos valores pagos pelo Ministério da Saúde às farmácias... 

Estimativas de mercado indicam que 30% do acesso à insulina no Brasil é feito por meio das farmácias credenciadas ao programa... 

Caso não haja entendimento, a insulina deixaria de ser distribuída no 'Aqui Tem Farmácia Popular' a partir de 1º de janeiro... 

Procurado, no entanto, o Ministério disse não haver data definida...

O problema é que, 'Onde há fumaça há fogo'...

A Câmara dos Deputados tentará votar nesta semana a reforma política... O objetivo é garantir a aprovação de mudanças no sistema eleitoral antes de o Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhar à Casa a nova denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB-SP)...

Mesmo assim, líderes partidários relataram estar incertos sobre se será possível votar, de fato, a reforma política nesta semana...

Enquanto parte dos deputados acredita que ainda há chance de se aprovar mudanças no sistema eleitoral, outros defendem concentrar esforços numa versão mais enxuta da reforma, priorizando a proposta que cria uma cláusula de barreiras e põe fim as coligações proporcionais...

Os partidos têm pressa em aprovar mudanças nas regras eleitorais porque o prazo para as alterações terem validade em 2018 termina na primeira semana de outubro...

No Senado, a reforma política também estará em debate... 

Os senadores podem analisar um projeto que cria um fundo para financiamento de campanhas com recursos atualmente utilizados no horário eleitoral e nas propagandas partidárias...

Em carta datada deste domingo, (17), no último dia à frente da procuradoria-geral da República, Rodrigo Janot revelou que não irá, "por motivos protocolares", transmitir o cargo à sua sucessora, Raquel Dodge, que tomará posse e o substituirá a partir do dia de hoje como nova responsável pela chefia do Ministério Público Federal...

Agora a situação do país piorou de vez...

"Por motivos protocolares, não poderei transmitir o cargo a minha sucessora, mas desejo-lhe sorte e sobretudo energia para os anos que virão. Que a nova PGR encontre alegria mesmo diante das adversidades e que seja firme frente aos desafios”, afirma Janot no texto enviado a todos os servidores do órgão...

Essa nova procuradora será mais um tentáculo do presidente Michel Temer, é a 'MÁFIA POLÍTICA' na mais completa metástase, igual um câncer invadindo todas as esferas do Poder Público...

O país está completamente 'BICHADO'...
domingo, 17 de setembro de 2017

Afastada de suas atividades partidárias, a senadora Katia Abreu (PMDB-TO) chamou de bandido o seu correligionário Geddel Vieira Lima, preso pela Polícia Federal pela segunda vez no dia 8 de setembro... 

A provocação foi feita por meio do perfil da parlamentar no Twitter na madrugada deste domingo, (17)...


Katia Abreu, que foi ministra da Agricultura durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), publicou uma fotomontagem em seu perfil... Nela, continha uma imagem de uma faixa utilizada em uma manifestação, com os dizeres: “pessoas não morrem nas filas dos hospitais ! ... Elas são assassinadas pela corrupção”...

Depois de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ter enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal) a segunda denúncia contra Michel Temer, o peemedebista iniciou uma série de reuniões com aliados para traçar sua estratégia de defesa política... 

Na manhã deste domingo, (17), ele se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ)...

De acordo com informações publicadas pelo jornal “O Estado de S.Paulo”, Maia chegou ao Palácio do Jaburu – residência oficial de Michel Temer em Brasília – por volta das 10h06 e lá permaneceu por aproximadamente 40 minutos, tendo deixado o local por volta das 11h deste domingo... 

A pauta da reunião não foi divulgada...

Nem precisa divulgar, todo mundo já sabe...

Rodrigo Maia é o próximo nome na linha sucessória da Presidência da República – ou seja, assumirá o cargo em caso de afastamento de Temer... Em agosto, depois de a Câmara decidir arquivar a primeira denúncia da PGR contra o presidente, pelo crime de corrupção passiva, Maia declarou que nunca conspirou contra Temer e que teria sua “biografia manchada” caso agisse dessa maneira ...

Ainda segundo o “Estadão”, a expectativa é de que Temer tenha tido outras reuniões com aliados do governo ao longo de todo o dia de hoje... Apesar da movimentação intensa nos bastidores, o presidente optou por não dar um pronunciamento após o envio da segunda denúncia contra ele... 

A estratégia é diferente da que foi adotada após a primeira acusação de Janot...

No sábado, (16), o presidente se reuniu com o ministro das Relações Exteriores, o tucano Aloysio Nunes Ferreira... Entre os itens da pauta estavam os preparativos do governo para a viagem de Temer a Nova York, a partir de amanhã, para a cerimônia de abertura da assembleia-geral da ONU (Organização das Nações Unidas)...

O que ele vai falar do Brasil lá ninguém sabe, afinal, o seu desgoverno foi um dos maiores desastres políticos deste país nos últimos anos...

José Batista Sobrinho, fundador da JBS e pai de Wesley e Joesley Batista, foi escolhido por unanimidade pelo Conselho de Administração da empresa como novo presidente... A reunião ocorreu neste sábado, (16), mas somente foi comunicada neste domingo pela JBS...

A troca de comando ocorre após a prisão de Wesley, então presidente da empresa, na semana passada... Segundo comunicado da JBS, Batista Sobrinho vai completar o mandato em curso...

A decisão fortalece a presença da família Batista na empresa e contraria pedido do segundo maior acionista da companhia, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)...

Batista Sobrinho criou a empresa em 1953 e foi seu primeiro presidente... 

Ele se afastou dos negócios, que foram assumidos por seus filhos, mas se manteve como membro do conselho de administração da companhia...

"Fico orgulhoso de reassumir a empresa que fundei", afirma José Batista Sobrinho, no comunicado da JBS...

A Polícia identificou um dos homens suspeitos de levar Gerina Ribeiro da Silva à força de uma funerária no dia 21 de abril passado, na Zona Leste de Natal, quando ela velava o corpo do marido...  

Segundo o delegado da Divisão de Combate ao Crime Organizado, o assassinato de Augusto Magalhães de Oliveira foi ordenado por Davi Torres de Souza, conhecido como Braddock...


Braddock foi morto no dia 1º de setembro passado... A troca de tiros aconteceu no Residencial Parque dos Flamboyants, no bairro Bela Vista, em Parnamirim, na Grande Natal... 

Além dele, mais três pessoas morreram na ocorrência...


A Polícia acredita que Gerina está morta, e que ela ajudou um grupo de traficantes a assassinar o ex-marido...

O suspeito procurado, segundo a Polícia Civil, é Rony Emanuel Costa da Silva, de 22 anos, contra quem foi expedido um mandado de prisão preventiva... 

Rony foi identificado a partir das imagens de uma câmera de segurança da funerária... 

Apesar de o corpo da mulher nunca ter aparecido, o delegado Odilon Teodósio, da Deicor, diz que as investigações apontam que ela está morta... “Não acreditamos que esteja sendo mantida em cárcere todo esse tempo”, afirma...
Após quatro anos, chega ao fim neste domingo, (17), o mandato de Rodrigo Janot à frente da Procuradoria Geral da República (PGR)... 
Nesta segunda-feira, (18), toma posse no cargo Raquel Dodge...
Janot deixa uma lacuna aberta a frente do órgão, onde foi um verdadeiro herói por lutar 'DURAMENTE' contra a 'MÁFIA POLÍTICA BRASILEIRA'... 

A gestão de Janot no comando do Ministério Público Federal foi marcada pela maior investigação já realizada pelo órgão contra a corrupção n Brasil...

Sob a condução de Janot e uma equipe de 10 investigadores, a Operação Lava Jato levou à abertura de 137 investigações atualmente em andamento no Supremo Tribunal Federal (STF), cujos alvos são:
  • 1 presidente (Michel Temer);
  • 4 ex-presidentes;
  • 93 parlamentares (63 deputados federais e 30 senadores);
  • 6 ministros do governo Temer;
  • 2 ministros do Tribunal de Contas da União (TCU)...
Também são investigadas no Supremo mais de uma centena de pessoas sem o chamado foro privilegiado – como lobistas, doleiros, ex-diretores de estatais e políticos sem mandato envolvidos com as autoridades suspeitas...

Outras dezenas de pessoas, inicialmente investigadas no STF, tiveram os casos remetidos para instâncias inferiores após perda do foro privilegiado...
Fora a Lava Jato (relacionada a desvios de recursos de Petrobras, Eletrobras, Caixa e fundos de pensão, principalmente), o Ministério Público também investigou, sob o comando de Janot, outros esquemas de corrupção...

Destacam-se, por exemplo, as operações Zelotes  (sobre compra de decisões no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais da Receita Federal Carf –, venda de medidas provisórias e compra de caças suecos) e a Ararath (que desvendou a existência de bancos clandestinos destinados à lavagem de dinheiro em Mato Grosso)...

Foi no período Janot que se intensificou no Brasil o uso do que é hoje considerada a principal arma de investigação dos chamados "crimes do colarinho branco": a delação premiada...

Perde o país, ganham os abomináveis corruptos...
sábado, 16 de setembro de 2017
O competente jornalista Marcelo Rezende morreu às 17h45 deste sábado, (16), em São Paulo, aos 65 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos em consequência de um câncer, informou o Hospital Moriah...

Rezende foi diagnosticado no início do ano com câncer no pâncreas com metástase no fígado... 

Ele se afastou do comando do programa Cidade Alerta, da TV Record, para fazer o tratamento de quimioterapia... 

Ele estava internado no Hospital Moriah, na Zona Sul de São Paulo...

Em um vídeo postado no dia, (03), Marcelo Rezende falou sobre os altos e baixos do tratamento contra o câncer... "O que eu tenho, a doença que eu tenho, o câncer que eu tenho, tem altos e baixos, é como uma montanha-russa... Uma hora eu to lá em cima, outra hora eu to lá embaixo... O mais importante é que eu estou firme e estar firme é aqui, onde a mente funciona... E eu estou firme para enfrentar os baixos, até chegar o momento em que o alto vai deslizar e aí a cura vai chegar... E eu tenho certeza dela porque Deus está comigo, Deus está contigo", disse o jornalista...

Marcelo Luiz Rezende Fernandes nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1951...

Começou sua carreira como repórter esportivo nos anos 70 no Jornal dos Sports... 

Trabalhou em O Globo, revista Placar e chegou à TV em 1987 para trabalhar na Globo... 

Entre os destaques está a cobertura do caso da operação da polícia na Favela Naval, em Diadema e a apresentação do programa Linha Direta... 

Trabalhou também na Band e Rede TV...

O jornalista deixa cinco filhos e dois netos, além da imprensa brasileira de luto...

Descanse em paz companheiro...
(((POUSADA E CHURRASCARIA 30 DE SETEMBRO)))

---A MELHOR CARNE NA BRASA DE SERRA DO MEL---
WI-FI liberado, atendimento vip ...
Carnes diversas: Picanha, Cupim, Carneiro, Linguiça, Costela e etc ...
Temos Self-service, Bebidas Variadas, 

Refrigerantes ... 

Temos apartamentos aconchegantes...

Entrada do município de Serra do Mel

Contatos: WhatsApp (084) 98743 1323 (084) 9 8774-4188 ...

Promoção: Almoço com direito a dois tipos de 

carnes por apenas R$ 10,00 ...

Até amigos de Lula avaliaram que ele errou ao desqualificar tão drasticamente Antonio Palocci no depoimento que prestou a Sergio Moro... No PT, ninguém ignora que Palocci sempre foi um suavizador das necessidades monetárias de Lula... 

Fora do PT, todos sabem que Palocci era um fiel escudeiro de Lula... 

Por isso, petistas chegados ao ex-presidente ficaram com a impressão de que, ao pintar Palocci como um mentiroso frio e calculista, Lula condenou-se ao descrédito... 

De fato, nunca um inocente pareceu tão culpado — ou nunca um culpado pareceu tão inocente...

Petistas que privam da intimidade de Lula acham que, em vez de desqualificar Palocci, o pajé do PT deveria ter recoberto seu ex-ministro de elogios... 

Na sequência, Lula associaria o desejo de Palocci de se tornar um delator à prisão longeva e a uma hipotética pressão psicológica da equipe da Lava Jato... 

O efeito seria o mesmo... Com a vantagem de que Lula não precisaria ter cutucado Palocci com o pé, arriscando-se a ser mordido com mais força pelo delator-companheiro...

Apesar do discurso externo, situado em algum lugar entre a vitimização e o triunfalismo, o PT rumina internamente a impressão de que Palocci ficou ainda mais à vontade para contar o que sabe aos investigadores... E ele sabe demais... 

Já havia declarado diante do juiz da Lava Jato que Lula fizera um “pacto de sangue” com a Odebrecht, o que lhe rendeu um pacote de propinas de R$ 300 milhões...


Descobre-se agora, que Palocci já informou em sua proposta de delação que entregou dinheiro vivo a Lula em pelo menos cinco ocasiões... 

Foram pacotes de R$ 30 mil, R$ 40 mil ou R$ 50 mil... 

Formalmente, Lula nega... Informalmente, começa a admitir, longe dos refletores, que pode ter subestimado o teor radioativo de uma delação de Palocci... O resultado prático é que a candidatura presidencial de Lula vai migrando rapidamente da condição de “provável” para a de “inviável”...

Pense nisso amigo navegante...